Doenças

Epispádia

Epispádia é um defeito do desenvolvimento da uretra, onde a parte dorsal da uretra falha em se desenvolver, ocasionando uma abertura (parte de cima do pênis em meninos). A causa deste defeito congênito ainda não foi descoberta. A Epispádia pode ser uma falha total de desenvolvimento, atingindo também o esfíncter uretral. Nestes casos a criança não conseguirá ter continência da urina (incontinência urinária).

Em meninos, além da anormalidade da uretra, o pênis terá uma curvatura para cima e será mais curto. Em meninas, além do defeito uretral, poderá haver alterações no clitóris.

A Epispádia pode ser isolada ou apresentar-se juntamente com extrofia de bexiga. Quando isolada, a Epispádia atinge 1 menino em aproximadamente 120.000 nascidos e, em meninas, é ainda mais rara, atingido 1 em cada 484.000.

Tratamento

O tratamento da Epispadia é sempre cirúrgico e a correção deve ser feita após seis meses de idade em casos de Epispádia isolada. Em casos em que a Epispádia é acompanhada de extrofia de bexiga, o plano para a correção da Epispádia será diferente, avaliando-se individualmente.